Frete grátis para o Estado de São Paulo!    I    Pagamento no cartão em até 2x sem juros.    I    Envio seguro para todo Brasil.

Pedra da semana: Turmalina


A Turmalina é um mineral cristalino composto por elementos como potássio, ferro, sódio, magnésio e lítio. A quantidade de cada um destes elementos é que define o aspecto e a cor final da pedra.


A turmalina deve seu nome ao termo cingalês turamali, que significa “pedra de múltiplas cores”. As cores que pode apresentar são, efetivamente, inumeráveis: rosa, vermelho, amarelo, marrom, verde, azul, roxo, preto, incolor ou multicolor. As turmalinas monocrômicas são as mais raras e as mais cobiçadas.


A turmalina é usada em joalheria, em manômetros e alguns tipos de microfones. Nas jóias, a indicolita (azul) é das mais caras seguida pela verdelita (verde) e pela rubelita (cor-de-rosa ou vermelha). Ironicamente, a variedade mais rara, a acroíta (incolor), não é apreciada sendo a menos cara das turmalinas transparentes. Em 1989, foi descoberta na Paraíba, a Turmalina Paraíba com uma cor verde ou verde-azulada bem diferente das conhecidas e que é hoje a variedade mais cara de todas.


Curiosidade


Ao esfregar uma Turmalina com as mãos, você a carregará com eletricidade magnética. Isso pode ser comprovado ao aproximá-la de raspas de metal. Além disso, esfregar uma Turmalina é também atrair boa sorte.

Assim, é possível dizer que a Turmalina é um talismã natural atuando como filtro contra energias ruins e desequilibradas e capaz de proteger o organismo e a mente.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo